Sabgal / Anicolor disputa a 7.ª edição da Clássica da Arrábida

Hoje, 17 de março, chega a 7.ª edição da Clássica da Arrábida, prova internacional com um percurso que atravessa os três concelhos da Arrábida: Setúbal, Sesimbra e Palmela. Ao longo de 175,1 km, o pelotão vai percorrer e promover o território unido pelos três concelhos da serra da Arrábida, que dá nome ao evento.

Trata-se de uma prova muito especial para Rafael Reis, por estar a correr em casa, sendo ele um dos sete corredores da Sabgal / Anicolor que vai alinhar no domingo. Esta clássica marca também a estreia do novo reforço da equipa, o dinamarquês Julius Johansen, que acaba de chegar à estrutura de Águeda. A estes dois atletas vão juntar-se André Carvalho, Frederico Figueiredo, Artem Nych, Oliver Rees e Mathias Bregnhøj.

A 7.ª edição terá partida na Avenida Luísa Todi, em Setúbal (11H30), passagem em Sesimbra e chegada a Palmela, na Avenida da Liberdade (15H43), num total de 175,1 km. Nos últimos 46 km, o pelotão vai enfrentar três Prémios de Montanha de 3.ª categoria, no Alto da Serra (129 km), Sesimbra (141,8 km) e a 11 km da meta, no Alto das Necessidades (164 km).

Rúben Pereira, diretor desportivo da Sabgal / Anicolor, referiu que “a Clássica da Arrábida é uma corrida bastante exigente, com um percurso muito seletivo. As edições passadas foram sempre muito bem disputadas, é uma corrida que certamente vai ser muito atacada e nós queremos fazer o melhor possível para sair da Clássica da Arrábida com um bom resultado e dignificar os nossos patrocinadores e parceiros”.

Publicar un comentario

0 Comentarios