Sabgal / Anicolor disputa a Clássica de Santo Thyrso

A Equipa Profissional de Ciclismo Sabgal / Anicolor está na estrada para disputar a segunda edição da Clássica de Santo Thyrso. Serão 137,3 km pelo concelho de Santo Tirso, com um percurso que contempla um circuito com muito sobe e desce, tornando a corrida dura e exigente. Espera-se muito espetáculo e que os adeptos venham à rua, tratando-se de uma terra com tradição no ciclismo.

A Clássica de Santo Thyrso será a segunda prova pontuável da Taça de Portugal Jogos Santa Casa e os sete corredores que vão disputar a corrida são Mauricio Moreira, que vai inaugurar a sua época após uma lesão da qual ainda está a recuperar, Artem Nych, Frederico Figueiredo, André Carvalho, Luís Mendonça, José Sousa e Duarte Domingues, líder da Taça em Sub-23, que tudo fará para defender o título.

A partida será dada em São Martinho do Campo, às 13H00, na Avenida Manuel Dias Machado, perto da Junta Freguesia. Depois da primeira passagem pela meta, prevista para as 14H30, os corredores entrarão no circuito, no qual a subida de Refojos será o ponto nevrálgico, por tratar-se de um Prémio de Montanha de 3.ª categoria, onde o pelotão vai passar quatro vezes, a última delas a 9,3 km do final.

A corrida termina apenas à quarta passagem pela meta, na Rua Dr. José Cardoso de Miranda, junto à Câmara Municipal de Santo Tirso, pelas 16H25, zona onde se espera a concentração de muitos adeptos da modalidade.

Rúben Pereira, diretor desportivo da Sabgal / Anicolor, referiu que “a Clássica de Santo Thyrso é uma corrida que integrou pela primeira vez o calendário no ano passado e que foi bem organizada e bem disputada. Tem um percurso bastante seletivo, o que acaba por tornar a corrida muito nervosa. Nós, como é óbvio, queremos estar o mais à frente possível e fazer uma boa corrida para sair com o melhor resultado e assim dignificar os nossos patrocinadores e parceiros”.

Publicar un comentario

0 Comentarios